Escolha uma Página

Blog

Marketing Digital de Resultados. Simples.

Nunca foi tão difícil conquistar e fidelizar clientes como atualmente, com tamanha concorrência, publicidade e ofertas. Lançados esses desafios, as empresas vêm aprimorando estratégias – do ambiente mercadológico à competitividade do produto – para alcançar o consumidor e tentar fidelizá-lo. O Marketing de Conteúdo é uma dessas estratégias, e os blogs são cada vez mais essenciais para construir relevância e autoridade de marca.

Mas mais do que relevância, um blog pode ajudar nas suas vendas. Quer saber como? Nós te explicamos.

O que é Marketing de Conteúdo?

O Marketing de Conteúdo visa a promoção de marcas por meio da oferta de conteúdo relevante para as diversas personas que compõem os seus públicos de interesse.

Há pouco tempo, quando uma pessoa queria se informar sobre um produto, recorria a amigos, a conhecidos e a lojas especializadas. Hoje, porém, com a internet, a informação bate à porta. E os interessados, possíveis clientes, são quem a procuram. É nessa fase que as organizações se inserem.

Ora, se as pessoas irão procurar por conteúdo, por que não uma empresa disponibilizá-lo? Afinal, pressupõe-se que a empresa é especialista na sua área de atuação, certo? Então, compartilhar este conhecimento sendo útil para seus públicos se torna uma estratégia muito válida a médio e longo prazo.

E há diversas maneiras de fazê-lo. Pode ser por podcasts, vídeos, eBooks, newsletters, whitepapers, blogs, etc. Porém, como ressaltado no título, por que iniciar e priorizar o blog?

Como o blog ajuda nas suas vendas?

Você pode entender do seu negócio e dos seus produtos, além de sanar diversos problemas com o seu serviço. Mas o consumidor não sabe disso e, como dito anteriormente, vai buscar essas informações na internet.

Ao manter um blog alimentado regularmente, além de se mostrar autoridade no assunto, atrairá mais naturalmente o possível cliente. Monitorando o comportamento do público (com ferramentas como o Google Analytics, por exemplo), você poderá conhecer melhor o seu target e disponibilizar mais conteúdos de interesse. Ao fazer isso, você gerará leads e, ao conduzi-los pelo funil de compras, clientes.

Não são só os clientes a ficar de olho no seu blog. Os motores de busca (como o Google) posicionam um site no topo de acordo com a relevância dele para as palavras-chave pesquisadas. Um blog atualizado regularmente, com uso de palavras-chave ligadas à sua empresa e com interações com outros sites ganhará espaço de destaque nas pesquisas – aumentando a visibilidade e, logo, a produtividade do seu negócio.

Posso falar do meu produto no meu blog?

Nada impede. Porém, isso deve ser com parcimônia. Nem todos os visitantes estão na mesma fase do funil de compras (imagem abaixo). Então, tentar vender algo para quem ainda está está na fase de Aprendizado e Descoberta pode afugentar, em vez de atrair.

Funil de Compras

Porém, vamos a um exemplo interessante: o Blog Sommelier Wine, da Wine.com.br, é utilizado desde 2011 para apresentar conteúdos úteis para quem quer entender o mundo do vinho, além de indicar produtos e harmonizações. Somente com este blog, a Wine obtém uma parcela significativa de seu faturamento mensal.

Isso aconteceu da noite para o dia? Claro que não. Exigiu – e exige até hoje – esforço e foco. Porém a recompensa vem, e a Wine.com.br é uma das maiores referências em termos de conteúdo sobre vinhos no Brasil, e reconhece que grande parte do seu crescimento deve-se ao Marketing de Conteúdo.

Mas como saber quanto o meu blog está vendendo?

Se você tem um e-commerce, medir isso é muito mais fácil. Com o Google Analytics e com as UTM tags, você consegue acompanhar de onde vieram as visitas no seu site e quanto foi vendido para os visitantes que chegaram por meio de um link específico.

Isso é assunto para um próximo post, mais detalhado, mas você já pode entender um pouco melhor esse processo aqui.

Se você não tem um e-commerce, é um pouco mais complicado medir quantas das suas vendas vieram especificamente do blog. Mas isso é algo que você pode saber perguntando aos seus clientes, acompanhando os leads que vieram por meio do formulário de contato ou de uma landing page, por exemplo. E neste último caso, da landing page, uma estratégia mais completa de Inbound Marketing pode não só melhorar sua divulgação e relacionamento com o público como também te entregar as métricas que precisa para provar e melhorar o ROI do seu blog.

Enfim, para disponibilizar uma grande quantidade de conteúdo fora da internet, o custo seria muito alto. Diferente disso, o blog é um mecanismo simples e barato (se comparado aos outros meios de marketing).

Após um período de construção, se torna uma estratégia poderosa a médio e longo prazo. Caso não possa mantê-lo, vale contratar consultores ou agências de comunicação. O que não vale é persistir em não ter um.

Quer ter um blog, mas precisa de uma agência que te ajude? Clique aqui e envie um e-mail para a gente!

Shares
Share This