Escolha uma Página

Blog

Marketing Digital de Resultados. Simples.

Sem tempo para ler? Que tal OUVIR esse texto? Clique no play e aproveite!

Ou “Por que você não deve clicar no botão Impulsionar Publicação no Facebook!

Ele é fácil. Está ali chamando a sua atenção sempre que você publica alguma coisa na sua página. Às vezes, o Facebook até mesmo te indica quais posts você poderia impulsionar. Mas… Resista à tentação! Vem que a gente explica porque o botão Impulsionar Publicação no Facebook deveria ficar longe dos seus cliques, pelo menos na maior parte das vezes.

O que é o botão Impulsionar Publicação no Facebook?

Quando o Facebook começou a disponibilizar opções de anúncios na plataforma, eles eram inacessíveis para a maior parte das empresas. Assim, em 2012, a rede passou a exibir um simples botão que permitia que qualquer página pudesse exibir seus posts para mais pessoas de forma rápida e fácil.

Botão Impulsionar

Na época, esse botão se chamava “Promover publicação”,  e trazia opções simples de segmentação, como faixa etária, gênero e localização.

O tempo passou, o famigerado botãozinho mudou de nome e ganhou algumas – boas – funcionalidades a mais. Continua sendo uma opção rápida e simples. Mas, por isso mesmo, bastante limitada frente a tudo de bacana que os anúncios do Facebook têm a oferecer!

 

Entendendo a gama de opções dos anúncios no Facebook

Quando você clica no Impulsionar publicação no Facebook, basicamente a rede cria um anúncio dentro da sua conta de anúncios pessoal com o objetivo de “Engajamento“. Ou seja, passa a exibir seu post para mais pessoas que podem se interessar por deixar seu like, comentar ou compartilhar essa publicação.

O problema é que nem sempre o que você busca para o seu negócio é gente curtindo o seu post.

Como assim, Bial?

via GIPHY

Imagine que você tem um restaurante e deseja divulgar o seu serviço de buffet corporativo. Você quer sim que mais pessoas saibam dele, porém no fim das contas, o que você quer mesmo é encontrar pessoas interessadas em contratar esse seu serviço, certo? Talvez elas possam entrar em uma página específica no seu site com mais informações e entrar em contato com você? Ou ainda, você está com uma promoção e quer dar 15% de desconto para quem deixar o email?

Então. O Facebook tem anúncios específicos para cada objetivo desses. Se você quer levar seu público para o seu site, você deveria fazer um anúncio com o objetivo “Tráfego”. Ou ainda “Conversão”, que basicamente é fazer com que o usuário execute alguma ação no seu site. Se você quer captar contatos de pessoas potencialmente interessadas no seu serviço, ou leads, você deveria fazer um anúncio de “Geração de Cadastros”.

Objetivos de Anúncios no Facebook

E qual a diferença entre eles? É a forma como o Facebook vai otimizar a exibição desses anúncios para pessoas com maior propensão a executar aquela ação.

Se você quer curtidas no post, o Facebook vai exibir o anúncio pra quem tem maior propensão a curtir o post.
Se você quer captar contatos, o Facebook vai exibir para quem tem mais probabilidade de deixar o seu contato.

A essa altura, espero que você já esteja entendendo que o botão “Impulsionar publicação”, na maior parte das vezes, é um desperdício do seu dinheiro, principalmente no médio e longo prazo, certo? Você tem opções muito melhores dentro da plataforma para fazer com que seus potenciais clientes cheguem até você!

Inclusive, a UFES tem um curso específico para falarmos de Facebook Ads. Saiba mais!

 

Motivos para não clicar no botão “Impulsionar publicação”

Um dos principais profissionais de Facebook Marketing do Brasil, o Luciano Larrossa (recomendo muito que você o acompanhe!), fez um vídeo há um tempo sobre os motivos para não usar o botão “Impulsionar publicação”.

Eu concordo bastante com os argumentos dele, e por isso, deixo os motivos abaixo, acrescento alguns e deixo também o próprio vídeo do Luciano.

 

Motivo #1 Posicionamentos limitados

Quando você cria um anúncio pelo botão de “Impulsionar publicação”, o Facebook exibe aquele post tanto no celular quanto no computador. O problema é que você não consegue separar esses posicionamentos. Assim, o Facebook automaticamente irá exibir mais naquele posicionamento que for mais barato – normalmente o celular.

Site mobile ou responsivo. Imagem por Neil Patel.

Imagem por Neil Patel.

 

Mas e se você está querendo vender alguma coisa no seu site? Normalmente, a taxa de conversão, ou seja, o percentual de pessoas que compra online, é menor no celular. Então, você está exibindo muito um anúncio para um público que tem uma chance menor de efetuar essa compra online. No final das contas, você terá muitas curtidas e comentários no post, mas pouco resultado efetivo.

E se o seu site não for responsivo, ou seja, adaptável para telas menores, como celulares e tablets? Você também terá problemas com pessoas que clicam, mas que saem do site logo que percebem que a navegação no celular é ruim.

Além disso, você também não consegue exibir seus anúncios em outros posicionamentos, como por exemplo, o Instagram.

 

#2 Segmentação Limitada

A segmentação do botão Impulsionar publicação no Facebook vem melhorando ao longo do tempo. Agora já é possível, por exemplo, criar combinações de interesses e comportamentos, além de limitar o público por renda, por exemplo. Antes, isso não era possível.

Segmentação de Públicos no Facebook

Só que ainda assim, a segmentação não chega nem perto das possibilidades de anúncios que o Facebook oferece! Você sabia, por exemplo, que você pode exibir seus anúncios somente para as pessoas que se cadastraram na sua base de emails? Ou que já são os seus clientes? Ou ainda, que você pode fazer com que o Facebook encontre pessoas com um perfil parecido com o dos seus clientes?

Sim, tudo isso é possível nos anúncios criados do Gerenciador de Anúncios ou no Power Editor, mas não no bendito botão “Impulsionar publicação”.

 

#3 Objetivos Limitados

Já falei um pouco sobre isso ali em cima. Além dos objetivos certos serem essenciais para o Facebook exibir os seus anúncios para as pessoas certas, eles ainda oferecem muito mais formatos.

Um formato que é muito legal para quem vende produtos, por exemplo, é o Collection, como esse exemplo abaixo da Imaginarium.

Anúncio Facebook - CollectionAnúncio Facebook - Collection

 

#4 Não pode testar variações de anúncios.

Quando você clica no botão Impulsionar Publicação, você impulsiona somente aquele único post. O problema disso é que você não está aproveitando as possibilidades de testes que você tem. Será que essa imagem atrai mais pessoas do que aquela outra? Será que esse texto convence mais as pessoas a irem ao seu site do que aquela outra ideia?

Assim, o que acontece é que, a longo prazo, você vai ter resultados menores do que se tivesse realizado esses testes e descoberto o que funciona com a sua audiência. Chamamos isso de Testes A/B.

Testes A/B

Quando você cria anúncios pelas contas de anúncio, você pode testar diferentes variações de TUDO. Teste variações de público, de imagens, de textos, de títulos, de chamada no botão (aquele “Saiba Mais” ou “Clique Aqui”, por exemplo). Sim, uma atuação profissional testa tudo isso e mais para garantir os melhores resultados para a sua empresa.

Por isso, mesmo que você não possa contratar uma agência, vale fazer um curso de gestão de anúncios do Facebook para conseguir os melhores resultados ao longo do tempo. Quer ser avisado das próximas turmas? Clique aqui!

 

#5 Você entrega sua estratégia para a concorrência.

Quando você impulsiona os posts, você deixa claro pras pessoas que seguem a sua página quais posts você está impulsionando. Isso porque os posts impulsionados claramente terão mais curtidas e comentários do que aqueles que estão rodando organicamente.

Já nos anúncios, com a segmentação correta, você irá impactar o seu público-alvo. E não necessariamente o seu concorrente terá esse mesmo perfil.

 

#6 Programação Limitada

Uma das funcionalidades que mais gosto nos anúncios do Facebook é a de exibição por horários. Voltando ao exemplo da hamburgueria, isso significa exibir aquela foto irresistível do seu melhor hambúrguer bem no horário da fome das pessoas!

Programação de Anúncios no Facebook

Ou ainda, se você tiver promoções específicas para cada dia da semana, ativar anúncios que serão exibidos somente naqueles dias. Toda segunda é o dia do X-Bacon, e com refrigerante grátis? Ative um anúncio que irá rodar todas as segundas-feiras daquele mês.

Pois é, isso infelizmente não está disponível no botão de Impulsionar Publicação no Facebook.

Fique agora com o vídeo do Luciano Larrossa, que explica todos esses motivos que apresentamos acima. 🙂

Gostou das dicas? Diz pra gente nos comentários! E se quiser ser avisado das próximas turmas do curso de Facebook Ads, clique aqui!

 

 

Shares
Share This