Escolha uma Página
Fonte: Venture Beat / Reuters

Quem diria que, um dia, veríamos um e-commerce de livros levando estatuetas douradas do Oscar. O Vale do Silício carimbou sua relevância na cultura atual, desbancando estúdios consagrados e entrando para o ranking da elite cinematográfica, indústria essa que é muito conservadora, por sinal.

Depois de subverter a forma como assistimos a televisão, Amazon e Netflix levaram 4 estatuetas douradas.

A Amazon Studios, uma unidade de negócios da gigante Amazon.com, levou o prêmio de Melhor Ator, pela atuação de Casey Affleck como um homem de luto em “Manchester à Beira-Mar”. O filme também venceu a categoria de Melhor Roteiro Original. Além disso, outra estatueta foi entregue para o drama iraniano “O apartamento”, por Melhor Filme em Língua Estrangeira, o qual a Amazon distribuiu nos Estados Unidos e Canadá.

Já a Netflix triunfou na categoria de Melhor Documentário em Curta-metragem, com o filme “Os Capacetes Brancos”, sobre voluntários que ajudam vítimas de bombardeios na Síria.

Mais do que nunca, o mundo é conteúdo. É storytelling. E principalmente, vindo de empresas que, a priori, não tinham a criação de conteúdo como principal modelo de negócios. Enfim, o mundo mudou mais do que muita gente gosta de admitir.

Mas isso é papo para um outro post. 😉

 

Shares
Share This